Início

Comissões de Saneamento

    Nesta primeira versão da BV, serão enfatizados os trabalhos da Comissão Federal de Saneamento da Baixada Fluminense 1910 -1916. Parte deste contexto se situa na relação entre saneamento e engenharia, a partir da própria presença do saneamento na agenda republicana, cenário do qual os engenheiros emergiram como profissionais necessários ao projeto de modernização do país.

     As iniciativas anteriores aos trabalhos iniciados em 1910 assim como as comissões e ou iniciativas posteriores, que ocorreram nos anos de 1918 e 1922 também estão indicadas.
    Já as intervenções que ocorreram na região no pós-30 são de fundamental importância para o entendimento da questão do Saneamento da Baixada Fluminense com a constituição da Comissão chefiada pelo Engenheiro Hildebrando de Góes, a formação da Diretoria de Saneamento da Baixada Fluminense (1935), do Departamento Nacional de Obras de Saneamento (DNOS) e constituem objeto de pesquisa atual da equipe com o apoio da FAPERJ. 
    As comissões foram estudadas a partir de diferentes fontes. Tais como Jornais da época, Relatórios Ministeriais , Mensagens Presidenciais e outros.